Oi, pessoal, tudo bem?

Então, um novo membro entrou para a sua família! Um filhotinho lindo, fofinho, e todos na sua casa estão encantados com a novidade, certo? Entretanto, se você ainda não se decidiu, está mais do que na hora de escolher um nome para seu pet.

Você está morrendo de dúvidas sobre como dar nomes para animais? De fato, o nome do seu animal de estimação precisa ser tão especial e único quanto ele próprio. Quer uma ajudinha nessa missão? Reunimos aqui algumas dicas preciosas para facilitar sua escolha. Continue lendo!

Não tenha pressa

Na hora de selecionar e bater o martelo para ter um nome para o seu bichinho não é preciso ter pressa. Pode ser que, nos primeiros dias, nenhuma ideia apareça. Entretanto, à medida que vocês forem convivendo com ele, podem aparecer características marcantes do bichinho. As brincadeiras e o convívio levam a apelidos ou nomes fofinhos que você nem poderia imaginar.

É possível ainda dar um nome provisório e checar mais calmamente as variações que podem surgir daí. Então, tenha calma. Quando o nome ideal surgir, você vai saber!

Evite nomes comuns de pessoas

Ao escolher nomes para animais, pode ser tentador usar nome “de gente”. A ideia é legal à primeira vista, já que seu bichinho de estimação é quase um ser humano para você. Brincar com nomes históricos, de famosos, de personagens de filmes, assim como aqueles nomes bem exóticos, pode ser realmente divertido. Mas procure evitar nomes muito comuns.

Afinal, pode acontecer de o nome do seu animalzinho coincidir com o do seu próximo namorado, de um superior no seu trabalho ou de uma vizinha. Nem todo mundo tem o mesmo senso de humor que você. Fique ligado!

Procure escolher nomes simples e curtos

O nome é uma forma de apresentar seu animalzinho para o mundo, mas também é importante que ele atenda aos seus comandos quando ouvir seu chamado. Assim, quanto menor for a denominação, mais fácil será para o pet aprendê-lo e para que o resto da família se lembre.

Prefira palavras simples, curtas e fortes, que possam ser pronunciadas rapidamente e compreendidas com facilidade. Quem tem crianças em casa deve prestar ainda mais atenção nisso, pois existem palavras que os pequenos podem ter dificuldade para falar. Bijú é bem mais fácil de pronunciar do que Darth Vader, não é mesmo?

Descarte rimas com palavras que possam ser confundidas com os comandos do dia a dia

Independentemente de seu animalzinho ser adestrado ou não, existem algumas palavras que usamos como comandos no dia a dia. “Pega”, “fora”, “entra” e “sai” são algumas, dentre várias expressões, que utilizamos rotineiramente.

Por esse motivo, ao escolher o nome do seu novo amigo, evite palavras que rimem com os comandos que você tem o hábito de usar. Isso evita que seu animalzinho fique confuso ao ouvi-lo para executar uma dada tarefa.

Por exemplo, se o animalzinho se chama Bolinha, não seria estranho dizer para ele pegar a bolinha?

Ao usar apelidos, opte sempre pelos positivos

Por mais que seu pet não possa se comunicar como os seres humanos, eles conseguem compreender o tom de voz dos seus donos e sabem quando estão sendo vítimas de deboche. Por essa razão, evite usar apelidos depreciativos que possam despertar sentimentos de pena ou ridículo.

Por mais que você não faça por mal, evite palavras que despertem sentimentos ruins. Nomes como BriguentoFeiosoManetaMagrela, entre outros, podem fazer com que o animalzinho seja motivo de piadas ou preconceito. E nós não queremos que seu amiguinho seja maltratado, não é mesmo?

A escolha dos nomes para animais requer paciência, mas pode ser uma atividade bem animada. Fique ligada ao comportamento do seu pet e aos momentos que passam juntos. Um episódio divertido no café da manhã pode render o apelido de Manteiga ou Panqueca.

VelmaScoobyYoda e Thor são nomes bacanas, provenientes de desenhos e filmes. Já Teka e Totó são nomes bem fáceis de memorizar. A internet também pode ser uma boa fonte: vale fazer uma busca no Google. São inúmeras as possibilidades, seja criativo!

E você, pensou em um bom nome para seu pet? Tem mais alguma dica? Deixe seu comentário aqui no post!